domingo, 14 de fevereiro de 2016

Guia de Apreciar Arte

0 comentários

6 semanas = 10!

0 comentários
O fatorial de 10 é exatamente igual ao número de segundos em 6 semanas.

6 semanas em segundos = 6 semanas * 7 dias * 24 horas * 60 minutos * 60 segundos

6 semanas em segundos = 6 * 7 * (8 * 3) * (3 * 2 * 10) * (1 * 3 * 4 * 5)

6 semanas em segundos = 6 * 7 * 8 * 9 * 2 * 10 * 1 * 3 * 4 * 5 = 10!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Cumprimentar as pessoas

0 comentários


  O ato de cumprimentar outras pessoas transmite uma mensagem simples: reconhecer a existência de outro indivíduo em um determinado ponto temporal e espacial.

  Esta simples interjeição, composta de poucas palavras, ou de alguns movimentos básicos do corpo do indivíduo, acaba por ser interpretada de maneira contrária em sua maioria das vezes. O uso do cumprimento acaba por ser uma exposição do indivíduo que busca demonstrar sua existência a outro indivíduo.


  Observamos, portanto, uma vontade de comprovar a essência do ser próprio quando confrontado com personalidades de status superior quando a verdadeira contribuição de caráter prático do ato de cumprimentar se concretiza ao dar conhecimento sobre a posição momentânea do cumprimentado.

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Frases que impactam

0 comentários
Segue um compilado de frases selecionadas de outras três compilações do site Elephant Journal traduzidas livremente. Gosto do atemporalidade e profundidade da maioria delas, permitindo que um punhado de palavras nos faça refletir.

"Um mar calmo nunca fez um bom marinheiro." - sem autor


terça-feira, 31 de março de 2015

Filtrar informação indesejada

0 comentários
Um estudo do journal Neuropsychogia aponta que indivíduos podem ser criativos de duas maneiras diferentes.



Os dois tipos de criatividade analisados e testados em indivíduos foram o de inventar diferentes tipo de finais para uma história e o de aplicar a criatividade em problemas da vida real.

Os resultados com medições da atividade elétrica cerebral indicou que as pessoas facilmente distraídas, aquelas que não conseguiam filtrar a informação indesejada, se saiam muito melhor em aplicar a criatividade em situações reais. Enquanto aquelas com uma maior capacidade de concentração se saíram melhor no teste da história.

Fonte.